Advogado não resiste e morre vítima de câncer

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil seccional Mato Grosso (OAB-MT) lamentou a morte de Paião
Foto: Divulgação

O advogado e professor Célio Paião, de 45 anos, infelizmente não resistiu às gravidades em decorrência de um câncer no cérebro e foi a óbito neste domingo (26.09). Ele lutava contra a doença há quase um ano. Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil seccional Mato Grosso (OAB-MT) lamentou a morte de Paião.

O advogado era natural de Goiás, onde já havia sido vereador e professor na rede pública de História, sua outra formação, além de Direito.

Divorciado, Paião deixa uma filha e netos, além de muitos amigos, inclusive entre alunos e ex-alunos.

Era tido como uma pessoa alegre, comunicativa e popular, que ajudava a muitos com a Advocacia e pessoalmente.

Por meio de nota, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) lamentou a morte precoce de Paião e soma à Primeira Subseção de Rondonópolis que também emitiu pesar, enviando condolências aos enlutados.

O velório e sepultamento ocorrerão em Goiás, onde moram os familiares de Paião.

Leia também

Deixe seu comentário!