Mato Grosso registra primeiro caso da variante Delta da Covid-19

Laboratório de Cuiabá confirmou a presença da variante em uma adolescente

Foi registrado o primeiro caso da variante Delta, cepa indiana da Covid-19, em uma adolescente de 15 anos em Mato Grosso. A confirmação é do Instituto de Análises Clínicas (Inac).

A paciente de Cuiabá, que está em isolamento, começou a apresentar os sintomas no dia 20 deste mês, entretanto, ela já havia contraído a doença em março, por isso os médicos tratavam como um caso de reinfecção.

Conforme nota do laboratório, a jovem apresentou sintomas gripais leves, como dores no corpo e de cabeça e então médica resposnável pela paciente solicitou ao laboratório a realização de um novo exame RT-PCR, sendo que este apresentou novamente resultado detectado para Sars-CoV-2.

"Logo, demonstrando uma grande preocupação em entender o que de fato estava ocorrendo em relação ao novo resultado Detectado, a médica solicitou a realização do “teste de identificação das variantes de preocupação (Vocs) e da variante p2 (VOI) de Sars-Cov-2”, o qual restou comprovado para a Voc Delta", diz trecho da nota.

A Secretaria de Saúde de Cuiabá informou que a coordenação da Vigilância Epidemiológica entrou em contato com o Laboratório Central do Estado de Mato Grosso, o LACEN, para verificar quais são os trâmites em relação à validação deste resultado. A Vigilância Epidemiológica está em processo de investigação para monitoramentos dos casos e rastreamento de contatos.

Já a Superintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e o Laboratório Central de Mato Grosso (Lacen-MT) aguardam o envio da amostra pela unidade laboratorial privada para a realização da metodologia de exame adequada às normas do Ministério da Saúde, que é o sequenciamento genético. 

Em nota, a SES, afirmou que somente após a utilização da metodologia pelo laboratório referência do Ministério da Saúde é que o caso poderá ser confirmado ou descartado.

Variante
Conforme o balanço divulgado nessa segunda-feira (26/07) pelo Ministério da Saúde, até ontem 169 pessoas haviam se infectado com a variante Delta. Infelizmente 13 delas não resistiram e morreram.

Já foram confirmados casos da variante no Rio de Janeiro, Distrito Federal, São Paulo, Maranhão, Paraná, Santa Catarina, Goiás, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Minas Gerais.

Leia também

Deixe seu comentário!