Morre diretor de UPA que estava em avião que caiu no Pantanal

George foi o único ocupante da aeronave que teve ferimentos graves e precisou ser transferido para o HMC
Foto: Reprodução

O médico George da Costa Melo, de 39 anos, infelizmente não resistiu e foi a óbito na tarde deste sábado (25.09), no hospital onde ele estava internado desde quando foi vítima de um acidente aéreo na região do Pantanal, no dia 8 de agosto. Ele deixa esposa, três filhos e irmãos.

George, que também era diretor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Ipase, em Várzea Grande, estava na aeronave que caiu na região do Poconé (103 km de Cuiabá), que ainda tinha mais três pessoas. Curiosamente, o médico foi o único ocupante que se feriu gravemente, sofreu uma grande laceração na região do abdômen e precisou passar por cirurgia. No dia, ele foi transferido por um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) para o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) e, posteriormente, para o Hospital São Mateus, devido à gravidades do ferimento.

O outro médico que estava com ele, Rafael Corrêa da Costa, teve ferimentos leves no acidente. Márcio Frederico Arruda Monteiro, 35 anos e o piloto, Gustavo Coelho Ribeiro, não se feriram com gravidade também.

O piloto contou que, durante o voo, percebeu que o combustível estava acabando e decidiu desviar para a cidade de Poconé. Porém, a quantidade não foi a necessária para chegar até a pista.

Segundo a Polícia Civil, até o momento não há indícios de crime. Porém, ainda é necessário aguardar o relatório do Cenipa sobre a queda da aeronave.

George era diretor técnico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Ipase, em Várzea Grande, mas iniciou sua carreira na UPA Pascoal Ramos e também trabalhou na Policlínica do Verdão, em Cuiabá, locais onde fez muitos amigos e era admirado por ser um profissional dedicado e humano. Antigos colegas de trabalho inclusive faziam correntes de oração, que eram transmitidas em chamadas de vídeo para o médico, enquanto estava internado.

Em nota, o prefeito Emanuel Pinheiro lamentou a morte do médico e desejou condolências à família de Geroge. “Com profunda tristeza recebi a notícia da morte precoce deste jovem médico, o doutor George, uma pessoa que, durante sua passagem pela saúde pública de Cuiabá, prestou grandes serviços, ajudou a salvar vidas, agiu com humanidade e dedicação. Peço a Deus que ampare e console os corações da mãe, esposa, filhos, demais familiares e amigos neste momento de dor”, disse. 

Informações sobre o funeral serão divulgadas em breve.

Morre diretor de UPA que estava em avião que caiu no Pantanal

Leia também

Deixe seu comentário!